Certificação Digital no Hospital 3.0!

Certificação Digital no Hospital 3.0!

dezembro 26, 2017 Artigo Uncategorized 0

Consolidação

Sua instituição integrando seus funcionários na utilização da certificação digital do PEP (Prontuário Eletrônico do Paciente), contribuindo na redução no volume de impressão, como também em espaço para seu armazenamento, uma das principais vantagens desta nova solução para o ambiente hospitalar é minimizar os erros de grafia, facilitando o entendimento de todos os envolvidos, desde os profissionais da área de saúde e dos pacientes. Melhor utilizar hoje os espaços disponíveis dentro de uma unidade hospitalar, evitando ter espaços ociosos necessários para exclusivamente armazenar documentos, não são mais conceitos e sim realidade com o GED (Gestão Eletrônica de Documentos), pois todos os documentos são eletrônicos, sem necessidade de sua materialização para assinatura e posterior digitalização.

Tudo isso contribui no aumento da segurança das informações e registro do paciente, com garantia jurídica fornecida pela Certificação Digital. Esta solução contribui para redução de custos operacionais, aumento de produtividade e facilidade de acesso a informação. Esqueça erros administrativos, perda de informação com formulários para cobrança da carteira comumente quando trabalhamos com documentos impressos.

Esta utilização somente será alcançada através do uso do certificado digital, para todos os profissionais de saúde envolvidos no processo, através de políticas constante reciclagem para utilização dos mesmos. Isso irá beneficiar todas as áreas de negócio dentro do hospital. O processo de certificação digital é o pilar de um projeto de melhorias e investimento em Tecnologia da Informação, sendo reconhecido o seu retorno a médio prazo, através da agilidade dos processos, mitigando entraves burocráticos.

Problemas?

Toda implantação de TI aplicada ao negócio deve ser verticalizada, contando com o apoio da diretoria e dos replicadores dentro das áreas de negócio, pois toda nova tecnologia irá gerar resistência a mudança, o ser humano tende a se acomodar com certos processos e serem céticos a melhorias de processos. Durante este período transacional aconselha-se adequação da área de Service Desk do Ti a realidade hospitalar, pois a qualquer momento no horário noturno, qualquer profissional de saúde pode acionar a Ti buscando auxílio na utilização do processo e/ou para eventualidades técnicas na rede. Comumente a grande maioria dos hospitais, relega a necessidade de suporte técnico, algo que poderia ser resolvido antes da troca de plantão, acaba sendo “empurrado” para o próximo, no caso somente aumentando o problema.

Além de contribuir para o meio ambiente, todas as áreas que precisarem de informação do paciente o terão, sem ter que acionar e/ou esperar alguém levar sua ficha por exemplo. Pois a um clique se terá acesso a informação, isto será cada vez mais comum com a popularização da certificação digital nos processos.

Podemos concluir que este projeto em sua unidade de saúde, a cada dia mais irá se consolidar pela utilização do Certificado Digital, não importa o porte do hospital ou em qual área de atuação, todos os desafios contínuos no dia a dia será responsável não pela redução, mas sim na total eliminação na utilização do papel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *